CCSP WEB

  • Desmesura Desmesura de 5/5 a 11/6 - sextas e sábados, às 21h; e domingos, às 20h
  • Cavalos Cavalos de 9/5 a 14/6
  • Branco, o cheiro do lírio e do formol Branco, o cheiro do lírio e do formol de 7/4 a 21/5 - sextas e sábados, às 21h; e domingos, às 20h
  • A missão em fragmentos - 12 cenas de descolonização em legítima defesa A missão em fragmentos - 12 cenas de descolonização em legítima defesa de 4/4 a 17/5 - terças e quartas - 20h
  • Eleguá, menino e malandro Eleguá, menino e malandro de 15/4 a 21/5 - sábados e domingos - 16h
  • Esbarro - O encontro de Oswald e Mário de Andrade Esbarro - O encontro de Oswald e Mário de Andrade dias 26 e 27/4 - quarta e quinta - 19h

 

TEATRO

O corpo que o rio levou

de 5/3 a 9/4 - sexta e sábado, às 21h; e domingo, às 20h
A partir de estudos de relatórios da Comissão Nacional da Verdade, O corpo que o rio levou narra a história de um casal que vive no Brasil de 2020, segregado por disputas políticas. Enquanto isso, uma rádio transmite um jogo de futebol da Copa de 1970.
direção: Diego Moschkovich - dramaturgia: Ave Terrena - elenco: Sofia Botelho, Diego Chilio, Maria Emília Faganello, Fredy Állan, Sophia Castellano

120min - 14 anos - Anexo da Sala Adoniran Barbosa (66 lugares)
R$20,00 - a venda estará disponível na bilheteria em seu horário de funcionamento (terça a sábado, das 13h às 21h30, e domingos, das 13h às 20h30), e no site Ingresso Rápido a partir de 30 dias antes do evento (mesmo no caso de temporadas longas) - preço popular: R$3,00 (dia 10/3) - serão vendidos apenas dois ingressos por pessoa, na bilheteria do CCSP, que será aberta somente duas horas antes do início do espetáculo - os ingressos não estarão disponíveis pela internet

veja também Haverá mesa de debate no dia 1º/4, sábado, às 17h, em torno dos temas do espetáculo

seta topo

 

A missão em fragmentos - 12 cenas de descolonização em legítima defesa

de 4/4 a 17/5 - terças e quartas - 20h
Três emissários franceses viajam para a Jamaica, colônia inglesa, para organizar uma revolta dos escravos. Assim que se estabelecem recebem a notícia de que Napoleão havia tomado o poder, e os preparativos são interrompidos. O grupo Legítima Defesa decidiu enveredar pelo texto A Missão – lembranças de uma revolução, de Heiner Müller, assumindo a premissa de que não trair o autor seria o mesmo que negá-lo. Quinze performers negros e negras em cena: outras visões, uma narrativa outra. Pois enquanto existirem senhores e escravos não estamos dispensados da nossa missão.
Autor: Heiner Muller - diretor: Eugênio Lima - elenco: Eugênio Lima, Walter Bathazar, Gilberto Costa, Luz Ribeiro, Junior Cabral, Mawusi Tulani, Jhonas Araújo, Renato Caetano, Palomaris Mathias, Tatiana Rodrigues Ribeiro, Nádia Bittencourt, Thereza Morena, Fernando Lufer, Luiz Felipe Lucas e Luan Charles - dramaturgia: Claudia Schapira

120min - Sala Jardel Filho (321 lugares)
R$1,00 a R$20,00 - os ingressos serão vendidos no sistema “pague quanto puder”, nos valores de R$1,00, R$5,00, R$10,00, R$15,00 e R20,00 (para os adquiridos nas bilheterias do CCSP) e R$ 10,00, R$15,00 e R$20,00 (os adquiridos pelo site Ingresso Rápido) - a venda estará disponível na bilheteria em seu horário de funcionamento (terça a sábado, das 13h às 21h30; domingos, das 13h às 20h30), e no site Ingresso Rápido a partir de 30 dias antes do evento (mesmo no caso de temporadas longas)

aviso Não haverá apresentações nos dias 25 e 26/4 devido à realização da Semana MáriOswald - 100 anos de uma amizade

seta topo

 

Branco, o cheiro do lírio e do formol

de 7/4 a 21/5 - sextas e sábados, às 21h; e domingos, às 20h
Com texto do premiado autor Alexandre Dal Farra, a peça aborda tema polêmico. Na tentativa de criticar o racismo naturalizado do branco a partir do seu próprio ponto de vista autodestrutivo e autocrítico o espetáculo dá ensejo à criação de uma narrativa fragmentária, estruturada em camadas complementares e contraditórias.
Uma família dentro de uma casa sente-se pressionada por acontecimentos externos, presenciados ou não. Paralelamente, narra-se a história da própria escrita do texto. A peça procura abordar o branco enquanto criação social e propõe um olhar para o seu delírio autorreferente. Este espetáculo integra o eixo curatorial da MIT-SP 2017.
Texto: Alexandre Dal Farra - direção: Alexandre Dal Farra e Janaina Leite - elenco: André Capuano, Clayton Mariano e Janaina Leite

100min - Sala Jardel Filho (321 lugares)
R$1,00 a R$20,00 - os ingressos serão vendidos no sistema “pague quanto puder”, nos valores de R$1,00, R$5,00, R$10,00, R$15,00 e R$20,00 (para os adquiridos nas bilheterias do CCSP) e R$ 10,00, R$15,00 e R$20,00 (os adquiridos pelo site Ingresso Rápido) - a venda estará disponível na bilheteria em seu horário de funcionamento (terça a sábado, das 13h às 21h30; domingos, das 13h às 20h30), e no site Ingresso Rápido a partir de 30 dias antes do evento (mesmo no caso de temporadas longas)

aviso Não haverá apresentações nos dias 28, 29 e 30/4 devido à realização da Semana MáriOswald - 100 anos de uma amizade

seta topo

 

Eleguá, menino e malandro

de 15/4 a 21/5 - sábados e domingos - 16h
Eleguá é um príncipe muito esperto. Todo mundo tem medo das suas artimanhas e molecagens. Mas um dia o menino botou o pé na estrada e foi descobrir o mundo. Andou de cidade em cidade, de lugar em lugar. Brincando, pulando e perambulando, encontrou lugares e pessoas para ajudar e ser ajudado. Vivendo sua meninice nas ruas, ele cresce, apaixona-se, amadurece, ganha corpo e sabedoria ao longo das aventuras que vive, até que um dia decide voltar. Mas nem tudo está como era antes.
direção e dramaturgia: Antonia Mattos - elenco: Adilson Camarão, Giselda Perê, Jonathan Silva, Rômulo Nardes, Rubens Alexandre e Renato Caetano - produção: Clã do Jabuti

65min - livre - Sala Jardel Filho (321 lugares)
grátis - a bilheteria será aberta duas horas antes do início de cada espetáculo para a retirada de ingressos, que não estarão disponíveis pela internet - cada pessoa poderá retirar um par

seta topo

 

Esbarro - O encontro de Oswald e Mário de Andrade
Semana MáriOswald - 100 anos de uma amizade

dias 26 e 27/4 - quarta e quinta - 19h
Antecedendo os debates Legado e Amizade e ruptura será apresentada a intervenção Esbarro - O encontro de Oswald e Mário de Andrade. No espaço sideral estão os modernistas Oswald e Mário, embalados com músicas de Hermilio Belo de Carvalho e Maurício Tapajós, Braguinha e Alberto Ribeiro e Villa-Lobos.
Pesquisa e textos originais de Mário e Oswald de Andrade com dramaturgia e direção de Pascoal da Conceição - elenco: José Rubens Chachá (Oswald de Andrade) e Pascoal da Conceição (Mário de Andrade) - músicos: Henrique Menezes (cordas) e Ito Alves (percussão)

livre - 20min - Espaço Mário Chamie (Praça das Bibliotecas)
grátis - sem necessidade de retirada de ingressos

aviso Esta intervenção antecede ao debate Legado (dia 26, quarta, às 19h30) e Amizade e ruptura (dia 27, quinta, às 19h30)

video Confira o vídeo de divulgação produzido por José Rubens Chachá e Pascoal da Conceição

Clique aqui para conhecer a programação completa da Semana MáriOswald - 100 anos de uma amizade

seta topo

 

Manuela
Semana MáriOswald - 100 anos de uma amizade

dia 26/4 - quarta - 20h
Manuela é o nome dado por Mário de Andrade à sua máquina de escrever, em homenagem ao escritor Manuel Bandeira. Manuela é a companheira que participa do comprometimento do escritor com as questões brasileiras. Questões que passaram pelo olhar de um artista diverso, preocupado em constatar e revelar o modo de ser do homem brasileiro.
No espetáculo a máquina ganha vida por meio da narrativa e da música, embalada pelo seu encantamento frente à vida e à obra do escritor. Manuela traz para a cena, com lirismo na narrativa, os segredos poéticos desse que será sempre um dos mais destacados intelectuais brasileiros. Em sua estrutura, 19 canções executadas ao piano acompanham a história que apresenta a viagem etnográfica do escritor pelo Nordeste do Brasil, as Missões de Pesquisas Folclóricas de 1938, registradas no livro O turista aprendiz, os trechos da rapsódia de Macunaíma, os poemas comprometidos de Pauliceia desvairada, seu exílio no Rio de Janeiro e a teoria literária presente na sua correspondência com Drummond e Manuel Bandeira. Histórias reais e narrativa fictícia da companheira. Manuela propõe o encontro com esse brasileiro que está presente em nossas formações intelectual e pedagógica. Em 2016 Manuela foi apresentado em 11 Bibliotecas públicas da cidade de São Paulo e em outras tantas escolas do ensino médio e foi de grande importância na aproximação de alunos e leitores do Mário de Andrade existente nos livros, um dos precursores do modernismo brasileiro e autor de Macunaíma, desmistificando a figura do escritor difícil. Manuela acende uma lâmpada e aproxima o espectador da importante diversidade presente na trajetória de Mário de Andrade.
Direção e dramaturgia: VeraLamy - direção musical: Lincoln Antonio - elenco: Vera Lamy e Lincoln Antonio - produção: Fernanda Rapisarda e Vera Lamy

12 anos - 75min - Sala Jardel Filho (321 lugares)
grátis - a bilheteria será aberta duas horas antes do início da apresentação para a retirada de ingressos, que não estarão disponíveis pela internet - cada pessoa poderá retirar um par

Clique aqui para conhecer a programação completa da Semana MáriOswald - 100 anos de uma amizade

seta topo

 

Desmesura

de 5/5 a 11/6 - sextas e sábados, às 21h; e domingos, às 20h
Em Desmesura, Copi está morrendo e seus delírios o levam a confrontar o tempo em que viveu com o tempo em que vivemos. Essas “visitações” servem de plataforma para discutir dois temas urgentes quando pensamos em corpo e sexualidade: a transgeneridade e a soropositividade. Faz refletir o estigma social e a visão historicista da epidemia da AIDS e problematizar lugares de fala, protagonismos e invisibilidade.
Dramaturgia: Ronaldo Serruya - criação: Teatro Kunyn - direção: Luiz Fernando Marques - elenco: Luiz Gustavo Jahjah, Paulo Arcuri e Ronaldo Serruya

60min - 18 anos - Anexo da Sala Adoniran Barbosa
R$20,00 - a venda estará disponível na bilheteria em seu horário de funcionamento (terça a sábado, das 13h às 21h30; e domingos, das 13h às 20h30), e no site Ingresso Rápido, a partir de 30 dias antes do evento (mesmo no caso de temporadas longas)

aviso No dia 12/5, não haverá espetáculo

aviso O espetáculo participará da Virada Cultural realizando apresentação gratuita no dia 20/5, sábado, às 21h - a bilheteria será aberta duas horas antes do início do espetáculo para a retirada de ingressos, que não estarão disponíveis pela internet - cada pessoa poderá retirar um par

seta topo

 

Cavalos

de 9/5 a 14/6
Onze jovens atores estão prontos para realizar um teste para uma peça a ser dirigida por um importante diretor na cidade de São Paulo. Na audição, este diretor estrangeiro convida-os a expôr o que pensam a respeito da metrópole. Utilizando-se de memórias e experiências, os atores vão se descobrindo não só habitantes dessa cidade, mas agentes de ações que geram esse não lugar. Espetáculo inspirado no livro Eles eram muitos cavalos, de Luiz Ruffato.
direção: Lucienne Guedes - preparação corporal: Luaa Gabanini - elenco: Ana Paula Pimenta, Bárbara Sgarbi, Irene Catunda, Isabel Oliveira, Jessica Rodrigues, Larissa Janotti, Ligia Cossé, Lucas D´Alessandro, Luisa Mira, Luisa Reneaux e Victória Martinez

de 9 a 12/5: terça, quarta, quinta e sexta, às 20h; e de 23/5 a 14/6: terças e quartas, às 20h - 60min - Sala Adoniran Barbosa
R$20,00 - a venda estará disponível na bilheteria em seu horário de funcionamento (terça a sábado, da 13h às 21h30; domingos, das 13h às 20h30) e no site Ingresso Rápido a partir de 30 dias antes do evento (mesmo no caso de temporadas longas) - preço popular: R$3,00 (dia 11/5, quinta) - serão vendidos apenas dois ingressos por pessoa, na bilheteria do CCSP, que será aberta somente duas horas antes do início do espetáculo - os ingressos não estarão disponíveis pela internet

veja também No dia 30/5, terça, às 21h15, haverá o debate O que significa ser artista no Brasil? após a apresentação do espetáculo Cavalos.

veja também Nos dias 7 e 13/6, às 16h, haverá apresentações para escolas mediante agendamento pelo e-mail muitoscavalos@gmail.com - nesses dias as apresentações também serão abertas ao público em geral, com entrada gratuita

seta topo

 

veja também Quer se apresentar no CCSP e nos equipamentos da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo? Clique aqui para saber como enviar sua proposta

veja também A grade de programação de teatro de 2016 e do primeiro semestre de 2017 já está fechada, mas produtores e artistas que queiram candidatar montagens à temporada do segundo semestre de 2017 podem enviar os projetos entre 1º de fevereiro e 1º de março de 2017, para o e-mail curadoriateatro@gmail.com. Clique aqui para saber mais

veja também Olhares a partir do 2º edital de dramaturgia do Centro Cultural São Paulo, por Luiz Fernando Ramos, Cássio Pires e Alexandra Dal Farra

ícone facebook
ícone twitter
ícone enciar e-mail
ícone imagens
ícone audio
ícone webrádio
ícone vídeo
destaque
ícone saiba mais
ícone veja também
ícone aviso
ícone obs
audiodescricao
libras
ícone download
endereço eletrônico
ícone inscrições abertas
sem necessidade de inscrição
ícone inscrições encerradas
selecionados
facebook
twitter
boletim
imagens
áudio
lab.rádio
vídeo
destaque
saiba mais
veja também
aviso
obs
audiodescrição
libras
download
www ou email
oficinas
abertas
oficinas com inscrição
inscrições
encerradas
selecionados
 

Divisão de Informação e Comunicação
Direção: Márcio Yonamine
Coordenação: Juliene Codognotto

Conteúdo online
Álvaro Olintho, Danilo Satou, Márcia Dutra, Vinícius Máximo e Sabrina Haick

Imagens - Núcleo de Fotografia do CCSP
Edição de imagens: Sossô Parma
Fotógrafos: João Mussolin, João Silva e Sossô Parma

Materiais impressos
Projeto gráfico: Adriane Bertini ,Solange Azevedo e Yeda Gonçalves
Edição de textos: Camile Rodrigues Aragão Costa, Danilo Satou e Emi Sakai
Revisão: Paulo Vinicio de Brito

Layout e manutenção
Web design: Edmarcio da Silva

Ateliê sonoro
Mediação: Marta Fonterrada e Rodrigo Taguchi
Coordenação técnica: Eduardo Neves

Narrativas CCSP
Coordenação: Chicão Santos
Captação: Celso Toquetti, Giovanni Belleza, José Amador Martins e Thaís Orchi
Edição: Chicão Santos, Giovanni Belleza e Thaís Orchi

Marcia Dutra
Coordenadora do Site  - 11 3397.4066
Divisão de Informação e Comunicação
Rua Vergueiro 1000   -   CEP 01504-000   tel 3397 4002
Paraíso São Paulo – SP