CCSP WEB

  • Kalunga Kalunga de 17/10 a 13/12 - foto: divulgação
  • 16’39’’, extinção do reino deste mundo 16’39’’, extinção do reino deste mundo de 1º/9 a 1º/11 - foto: divulgação
  • Invisível? SP | NYC Invisível? SP | NYC de 12/9 a 8/11 - foto: divulgação
  • Adaptável ao espaço que as palavras ocupam Adaptável ao espaço que as palavras ocupam de 19/9 a 15/11 - foto: divulgação

 

ARTES VISUAIS E EXPOSIÇÕES - Aberturas

Medo, Fascínio e Repressão na Missão de Pesquisas Folclóricas 1938-2015

de 17/10 a 13/12
O CCSP possui uma das coleções de objetos etnográficos mais representativas da cultura afro-brasileira religiosa do País. É no Acervo da Missão de Pesquisas Folclóricas – cujo mentor foi Mário de Andrade, em colaboração com Oneyda Alvarenga e Dina Lévi Strauss – que estão reunidas referências significativas da arte sacra de matriz africana originalmente pertencentes às casas de cultos afro-brasileiros. Esta exposição, bem como a programação que a acompanha, permite pensar a intolerância religiosa histórica no País e contribui para a construção de uma sociedade que respeite sua própria pluralidade.

abertura: dia 17/10, sábado, das 15h às 18h30 (haverá homenagem a Mário de Andrade com o ator Pascoal da Conceição e o pianista Eduardo Santangelo)
terça a sexta, das 10h às 20h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h - livre - Piso Flávio de Carvalho
grátis - sem necessidade de retirada de ingressos

obs Esta exposição faz parte do Projeto Missão de Pesquisas Folclóricas 1938-2015

veja também Conheça o hotsite da Missão de Pesquisas Folclóricas

 

Kalunga

de 17/10 a 13/12
A partir de ritos de morte do candomblé do Recôncavo baiano, a performer Ana Beatriz Almeida desenvolve rituais de passagem para duas personalidades vítimas de tortura durante a ditadura militar do Brasil: João Breno, líder operário da maior ação não-violenta do período - a greve na Fábrica de Perus, e Helenira Nazareth, estudante negra que abandonou o curso de Letras da USP para aderir à luta armada no Araguaia. Entre sensorialidades, fotografia e videoarte, o público é introduzido no universo simbólico da morte na cultura afro-brasileira.
criação e concepção: Ana Beatriz Almeida - direção de expografia: Wolfgang Pannek - supervisão de performance: Maura Baiocchi - vídeo: Luara Del Chiavon - máscaras: Thiago Consp - concepção musical: Antonio Carlos Soares

abertura: dia 17/10, sábado, das 15h às 18h (haverá performance da artista às 17h)
terça a sexta, das 10h às 20h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h - livre - Piso Flávio de Carvalho

obs A artista realizará performance todos os sábados, das 18h às 19h, e no dia 20/10, terça, haverá workshop sobre o processo criativo de Kalunga: mito e memória, geopolíticas de deslocamento e resistência na Sala de Ensaio 2, das 14h30 as 17h30

seta subir

 

ARTES VISUAIS E EXPOSIÇÕES - Em andamento

Discoteca 80: um projeto modernista

80 anos da Discoteca Oneyda Alvarenga

de 8/8 a 4/10
Focada nas figuras de Mário de Andrade e Oneyda Alvarenga, primeira diretora da Discoteca Pública Municipal, a exposição retrata os ideais modernistas no período entre guerras que nortearam boa parte das ações dos intelectuais envolvidos no projeto por meio de documentos, objetos de época, como gravadores, discos, microfones, e equipamentos.

terça a sexta, das 10h às 20h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h - Discoteca Oneyda Alvarenga
grátis - sem necessidade de retirada de ingressos

obs Confirme sua presença no evento do Facebook

veja também Confira o Portal da Discoteca, lançado em agosto de 2015 por ocasião dos 80 anos da Discoteca Oneyda Alvarenga

seta subir

 

ALT[av] 2015

de 24/9 a 4/10
O grupo ALT[av] apresenta em São Paulo uma mostra de vídeos baseada em temas conectados com o Loop 2015, em uma forma de resposta conceitual às questões colocadas por este festival europeu. A mostra é formada por um conjunto de vídeos de curta duração, do tipo singlechannel, de autores em atividade recente no cenário brasileiro, agrupados em dois temas distintos: Vazamento de Memória e Sons das Imagens do Sul. Esta exposição é parte das ações de relações internacionais realizadas pela rede brasileira do Audiovisual Alternativo - ALT[av] para o fomento da cena artística de Imagem Avançada em São Paulo e no Brasil.
curadoria: Lucas Bambozzi – produção executiva: Demétrio Portugal

terça a sexta, das 10h às 20h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h - livre - Piso Flávio de Carvalho
grátis - sem necessidade de retirada de ingressos

seta subir

 

Arquivo Décio Pignatari: Um lance de dados

de 20/8 a 25/10
A exposição compreende as diferentes frentes do poeta, ensaísta, publicitário, tradutor, professor e teórico Décio Pignatari e sua rede de relações nacional e internacional, apontadas a partir de seu arquivo pessoal por meio de uma seleção de fotografias, estudos, jornais, datiloscritos, correspondências e publicações de poesias concretas dos mais variados autores. O público poderá acessar mais informações desse arquivo por meio de um catálogo eletrônico, um banco de dados.
curadoria: Maria Adelaide Pontes e Marcio Harum

terça a sexta, das 10h às 20h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h - livre - Piso Caio Graco - Sala Tarsila do Amaral
grátis - sem necessidade de retirada de ingressos

obs Confirme sua presença no evento do Facebook

seta subir

 

signatari.codigo.xyz

de 15/9 a 25/10
Por ocasião da exposição Arquivo Décio Pignatari: Um lance de dados, o CCSP recebe a programação de vídeos signatari.codigo.xyz, uma seleção que dialoga com a poética de Décio Pignatari, na plataforma expositiva Paradas em Movimento.

terça a sexta, das 10h às 20h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h - livre - Piso Caio Graco
grátis - sem necessidade de retirada de ingressos

seta subir

 

II Mostra do Programa de Exposições 2015

de 23/8 a 25/10
A II Mostra do Programa de Exposições 2015 apresenta, no ano de seu 25º aniversário, as individuais simultâneas dos artistas selecionados Danielle Fonseca, Renato Valle, Romy Pocztaruk e Vijai Patchineelam. Em paralelo, Wagner Malta Tavares expõe projeto recente a convite da Curadoria de Artes Visuais do CCSP.

terça a sexta, das 10h às 20h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h - livre - Piso Caio Graco
grátis - sem necessidade de retirada de ingressos

obs Confirme sua presença no evento do Facebook

seta subir

 

16’39’’, extinção do reino deste mundo

de 1º/9 a 1º/11
Exposição e livro baseados em uma pesquisa sobre o trabalho de um grupo de pequenos agricultores, no interior da Paraíba, sobre a preservação de sementes de variadas espécies ameaçadas de extinção (sementes crioulas), o projeto quer trazer à tona o processo paradoxal de existência que a humanidade construiu para si. De um lado, temos os modos capitalistas de exploração e destruição dos recursos naturais em nome do progresso econômico e avanços tecnológicos. Do outro, ações e planejamentos pontuais de tentativa de preservação desses mesmos recursos em exaustão que ameaçam a própria vida humana na terra e ao mesmo tempo que incentivam a corrida espacial.
curadoria: Ana Luísa Lima

terça a sexta, das 10h às 20h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h - livre - Piso Flávio de Carvalho
grátis - sem necessidade de retirada de ingressos

saiba mais Atividades paralelas

Oficina sensorial
dias 10/10 e 7/11 - sábados - das 15h às 18h

Conversa com a artista e curadora e lançamento do livreto
dia 31/10 - sábado - das 15h às 18h

seta subir

 

Essa cidade é invisível? SP I NYC

de 12/9 a 8/11
Mobilidade urbana, espaços públicos, relações humanas, qualidade de vida. E a bicicleta permeando e sendo permeada por tudo isso, como ponto de partida para pensar e sentir a cidade. Este é o eixo central de Essa cidade é invisível? SP | NYC, uma exposição de fotografia e arte que tem a cidade – suas ruas, suas pessoas e suas relações – como motivação. E a bicicleta como pretexto. A mostra será montada partindo do conceito de ocupação de espaços e as obras serão colocadas em diversos pontos do conjunto arquitetônico do CCSP, convidando os visitantes a ativamente percorrem e se apropriarem do espaço. Tudo o que acontecer em SP acontecerá simultaneamente em NYC.
cocuradoria: Baixo Ribeiro, da Galeria Choque Cultural SP, e Jeanne Hilary, artista transmídia de NYC, fundadora da Bicycle Utopia (organização de NYC que trabalha com projetos interativos de arte pública transmídia)

terça a sexta, das 10h às 20h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h - livre - Espaços do CCSP
grátis - sem necessidade de retirada de ingressos

observação Além das obras expostas no CCSP, haverá instalação pública de arte espalhada pelas ruas, perto de ciclovias, em áreas que se conectam facilmente com o Centro Cultural

obs Confirme sua presença no evento do Facebook

seta subir

 

Adaptável ao espaço que as palavras ocupam

de 19/9 a 15/11
A instalação Adaptável ao espaço que as palavras ocupam, de Jimson Vilela, propõe um diálogo entre a pesquisa recente do artista – voltada às questões suscitadas pelo livro enquanto objeto e suas possibilidades espaciais – e a arquitetura do Centro Cultural São Paulo.
O projeto foi contemplado pelo Proac Artes Visuais da Secretaria de Cultura do Governo do Estado de São Paulo.
curadoria: Liliane Benetti

terça a sexta, das 10h às 20h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h - livre - Piso Flávio de Carvalho
grátis - sem necessidade de retirada de ingressos

saiba mais Atividades paralelas

dia 3/10 - sábado

11h
Visita tátil e atividade de mediação em parceria com a Biblioteca Braille e Divisão de Ação Cultural e Educativa (DACE)

15h
Conversa com o artista Jimson Vilela

dia 24/10 - sábado

11h
Visita tátil e atividade de mediação em parceria com a Biblioteca Braille e Divisão de Ação Cultural e Educativa (DACE)

15h
Conversa com o artista e a curadora Liliane Benetti

seta subir

 

Ter lugar para ser

de 19/9 a 22/11
As relações entre artes visuais e arquitetura estão no centro de Ter lugar para ser, coletiva com artistas que exibem obras de variadas linguagens e que trazem abordagens e estratégias das mais diversas sobre tais elos. Entre os artistas a serem apresentados estão Clara Ianni, Felipe Cama, Geraldo Marcolini, Leonardo Finotti, Lucas Simões, Luiza Baldan, Martinho Patrício, Mayana Redin, Pollyana Morgana e Rodrigo Sassi.
curador: Mario Gioia - assistente: Isabella Lenzi

abertura: dia 19/9, sábado, às 15h
terça a sexta, das 10h às 20h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h - livre - Piso Caio Graco
grátis - sem necessidade de retirada de ingressos

observação Nos próximos meses haverá um ciclo de debates com a presença de artistas, críticos e teóricos de arquitetura e artes visuais (data a definir)

seta subir
ícone facebook
ícone twitter
ícone enciar e-mail
ícone imagens
ícone audio
ícone webrádio
ícone vídeo
destaque
ícone saiba mais
ícone veja também
ícone aviso
ícone obs
audiodescricao
libras
ícone download
endereço eletrônico
ícone inscrições abertas
sem necessidade de inscrição
ícone inscrições encerradas
selecionados
facebook
twitter
boletim
imagens
áudio
lab.rádio
vídeo
destaque
saiba mais
veja também
aviso
obs
audiodescrição
libras
download
www ou email
oficinas
abertas
oficinas com inscrição
inscrições
encerradas
selecionados
 

Divisão de Informação e Comunicação
Direção Márcio Yonamine

Conteúdo online
Álvaro Olintho, Danilo Satou, Juliene Codognotto, Márcia Dutra, Vinícius Máximo e Sabrina Haick

Imagens - Núcleo de Fotografia do CCSP
Edição de imagens: Sossô Parma
Fotógrafos: João Mussolin, João Silva e Sossô Parma

Materiais impressos
Projeto gráfico: Adriane Bertini ,Solange Azevedo e Yeda Gonçalves
Edição de textos: Camile Rodrigues Aragão Costa, Danilo Satou e Emi Sakai
Revisão: Paulo Vinicio de Brito

Layout e manutenção
Web design: Edmarcio da Silva

LabRádio
Coordenação: Marta Fonterrada
Produção: Álvaro Souza e Rita Lorenzato
Coordenação técnica: Eduardo Neves

LabVídeo
Coordenação: Chicão Santos
Captação de imagens: Camila Kinker , Celso Toquetti, Felipe Moica, Fernando Ferric e José Amador Martins
Edição de vídeo: Chicão Santos, Camila Kinker e Felipe Moica