Nicolau de Figueiredo (cravo), Marcos Liesenberg (tenor) e Alberto Kanji (violoncelo Barroco)

09/05/2014

A Paixão e a Ressurreição de Jesus
Os três músicos interpretam uma seleção de obras de compositores europeus dos séculos XVII e XVIII. O cravista comenta as músicas interpretadas pelo conjunto.

Nicolau de Figueiredo é reconhecido como um dos mais importantes cravistas da atualidade. Estudou  no Conservatório Superior de Música de Genebra e trabalhou na Schola Cantorum Basiliensis (Suíça). Seu disco 13 Sonatas de Domenico Scarlatti, foi selecionado como um dos 10 melhores de 2006 pela revista francesa Le Monde de la Musique.

Marcos Liesenberg (tenor) é natural de Blumenau. Transferiu-se para Curitiba em 1995, onde estudou canto com Neyde Thomas. Além de apresentações como solista, gravou CDs com repertório de música colonial brasileira e o Oratório de Natal de Bach.

Alberto Kanji  é violoncelista e pesquisador da interpretação histórica. Vencedor de concurso  interno do Conservatório de Amsterdam para tocar num violoncelo “Vuillame”, instrumento com o qual permaneceu até 2007. Em 2009 gravou o CD “Brillante” com Antonio Meneses e Rosana Lanzelotte.

Programa:

Heinrich Schütz (1585 – 1672)
“O süsser, o freundlicher”
“O Jesu, nomen dulce”
“Misericordissime Jesu”
Johann Sebastian Bach (1685 – 1750)
“Mein Jesu, dem die Seraphinen”
*Prelúdio em ré menor
“Mein Jesu, was für Seelenweh”
Guillaume Gabriel de Nivers (1632 – 1714)
“O Filii et filiae”

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *