Camargo Guarnieri


Texto institucional PETROBRAS

Ele nasceu em Tietê, no interior de São Paulo, em 1907. Morreu em São Paulo, em 1993. Era filho de um barbeiro que adorava música e batizou os filhos com nomes de grandes gênios: Bellini, Rossini, Verdi... Na verdade, um, e apenas um, desses filhos tornou-se músico: Mozart Camargo Guarnieri. O mestre Camargo Guarnieri que compôs mais de 700 peças, tornou-se pilar fundamental na história da música clássica brasileira, e - depois de Villa-Lobos - é o nosso autor mais executado em todo o mundo. Fortemente influenciado, em sua formação cultural, por Mário de Andrade, Camargo Guarnieri construiu uma obra de profundas raízes nacionalistas.

O projeto Camargo Guarnieri e a Missão de Pesquisas Folclóricas tem, entre seus objetivos, destacar a trajetória, a obra e a personalidade de Camargo Guarnieri. Para isso, desenvolveu uma minuciosa e rigorosa pesquisa para resgatar partes extraviadas de partituras do compositor, e realizar o primeiro registro audiovisual DVD, de sua produção integral para violino e orquestra - algumas de suas obras mais importantes. Além disso, há um CD-ROM com as partituras das obras gravadas em formato PDF.

O projeto foi selecionado pelo Programa Petrobras Cultural, por meio de edital público. Maior empresa brasileira e maior patrocinadora das artes e da cultura em nosso País, a Petrobras dedica especial atenção ao resgate, à preservação e à difusão da obra de nossos grandes artistas. Não se trata apenas de honrar a memória de um compositor essencial: ao patrocinar este projeto, a Petrobras reitera seu compromisso com a sociedade brasileira, que é o de contribuir para o desenvolvimento do nosso país.

Fazemos isso há mais de meio século, desenvolvendo tecnologia de ponta, aprimorando cada vez mais nossos produtos, expandindo nossas atividades para além das fronteiras brasileiras, alcançando a auto-suficiência em petróleo. E também patrocinando as artes e a cultura. Afinal, um país que não conhece e divulga as obras de seus artistas jamais será um país desenvolvido.

Petrobras